Blog da

4 dicas para evitar uma alta rotatividade de funcionários

4 dicas para evitar uma alta rotatividade de funcionários

A alta rotatividade de funcionários é um sintoma de que pode haver algo de errado no dia a dia de uma empresa, como um clima organizacional ruim, baixos salários, condições de trabalho inadequadas, autoritarismo etc. Também conhecida pelo termo inglês turnover, a rotatividade mensura a diferença entre admissões e desligamentos de colaboradores em determinado período.

Quando o fluxo de entrada e de saída é muito intenso, a empresa tem muitos prejuízos, como gastos com recrutamento e seleção, capacitação profissional, baixa produtividade, entre outros. Para evitar essa realidade, veja em seguida quatro dicas para diminuir a rotatividade de funcionários.

1. Entenda as causas do problema

Antes de pensar propriamente em soluções para reduzir a troca de colaboradores na organização, é indispensável que o gestor avalie as causas desse problema. Uma alternativa de diagnóstico é a realização de entrevistas com os funcionários que são desligados, sejam por demissão ou por iniciativa própria.

Ouvir os motivos dos trabalhadores e ter dados estatísticos sobre as razões de cada desligamento pode ser um caminho para a empresa tomar iniciativas que visem a reduzir a rotatividade de funcionários.

2. Ofereça benefícios para motivar a equipe

Nem sempre o empregador pode simplesmente aumentar o salário do colaborador, devido ao efeito cascata, como o pagamento de tributos, que eleva os gastos da empresa. Porém, uma alternativa para melhorar a percepção da equipe em relação à empresa é o oferecimento de cartões de benefícios, como alimentação, refeição, cultura, presente etc.

Ao conceder esse tipo de vantagem para o trabalhador, o negócio demonstra que se preocupa com o bem-estar da equipe. Sem contar que os benefícios se convertem em melhoria da qualidade de vida do colaborador e, consequentemente, geram impactos positivos na produtividade da organização. Afinal, uma pessoa disposta e motivada tende a render mais do que alguém insatisfeito.

3. Melhore o ambiente da empresa para reduzir rotatividade de funcionários

Locais bagunçados, sem sinalização, pouco iluminados ou barulhentos realmente são difíceis para um trabalhador atuar, concorda? Além disso, a falta de instalações adequadas, como banheiro, estacionamento e área de lazer, ou a precariedade de equipamentos também prejudicam o rendimento do colaborador.

Por isso, a revitalização dos espaços da empresa, de modo a promover o bem-estar e a saúde do trabalhador, pode ser uma maneira eficaz de se reduzir a rotatividade de funcionários. Às vezes uma pequena mudança, como a colocação de um banco no balcão de atendimento, para que o colaborador não trabalhe em pé, já pode dar resultados positivos.

4. Aperfeiçoe seleção e proporcione treinamento

Em alguns casos, a alta rotatividade de funcionários tem como uma das causas um processo de recrutamento e seleção inadequado. Se a empresa não tem a definição correta do cargo nem o perfil que espera do candidato à vaga, pode fazer escolhas erradas. Às vezes, é melhor deixar bem claro para o colaborador as reais condições de trabalho, para que ele não venha a aceitar a vaga e, passados alguns dias, desistir do cargo.

Além disso, oferecer treinamento de qualidade, com acompanhamento do colaborador ao longo da experiência, pode ser uma maneira de reduzir o turnover. Se o trabalhador entende a tarefa que deve realizar, bem como o modo correto de executar a ação, diminuem-se os erros e, consequentemente, o profissional tende a trabalhar mais disposto.

O que a sua empresa faz para diminuir a rotatividade de funcionários? Compartilhe a sua experiência aqui nos comentários. Participe!

Comentários