Blog da

Por que é importante ter uma alimentação saudável no trabalho?

Colaboradores motivados, com alto desempenho e engajados em suas atividades diárias são o sonho de qualquer empresa. Mas engana-se o gestor que pensa que apenas um ambiente propício e planos de carreira influenciam nesses fatores. Existem aspectos que afetam a produtividade de alguma maneira, mesmo que indiretamente. É o caso da alimentação saudável no trabalho.

O Brasil conta com índices alarmantes de obesidade. Segundo dados do ano de 2018, ela atinge quase 20% da população. O sobrepeso, por sua vez, chega ao absurdo de estar presente em 54%. Tudo isso desencadeia doenças crônicas.

Evidentemente, esses fatores de risco influenciam de forma negativa na produção dos trabalhadores. Em razão disso, é fundamental que gestores incentivem hábitos saudáveis de sua equipe.

Quer descobrir como a alimentação influencia na vida do colaborador, trazendo vantagens para a empresa, e como oferecer esse benefício? Continue a leitura e confira!

Quais os benefícios de se oferecer uma alimentação saudável no trabalho?

A alimentação saudável tem sido uma preocupação constante da sociedade. Aliás, cada vez mais pessoas tentam incorporar hábitos que proporcionem mais saúde em suas rotinas. Isso gera benefícios não só para o indivíduo, mas também para a empresa que investe nesse tipo de iniciativa.

Melhora da concentração e da memória

Existem nutrientes contidos em determinados alimentos que são capazes de potencializar a memória e a concentração de uma pessoa. A glicose, por exemplo, é um dos principais combustíveis para o funcionamento dos neurônios cerebrais. Mas é claro que não se pode ingeri-la em excesso. Logo, as frutas são as melhores alternativas.

Ao consumir esse tipo de alimento diariamente, o indivíduo cria uma espécie de “poupança da saúde”, que permitirá a ele desenvolver suas funções com mais concentração, garantindo a eficácia do trabalho.

Redução das faltas por doença

A alimentação saudável evita que a pessoa fique doente com frequência, pegue resfriados ou tenha problemas no sistema digestivo. Esses exemplos são apenas alguns dos que levam indivíduos todos os dias a hospitais, sendo um dos maiores geradores de atestados médicos nas organizações.

Um profissional que adotou uma alimentação equilibrada tende a ter menos problemas do tipo e, consequentemente, a empresa sofre menos com as faltas. Logo, não será preciso substituí-lo ou mesmo deixar que algum trabalho atrase, pois o colaborador estará disponível para desempenhar suas tarefas.

Manutenção do bem-estar físico e mental

O bem-estar físico e mental é imprescindível dentro de qualquer organização. Se você, como gestor, preocupa-se em ter, além de profissionais talentosos, pessoas felizes e motivadas a realizar seus respectivos trabalhos, precisa investir em alimentação balanceada para a equipe.

Aliás, apostar nisso fará com que os colaboradores sintam-se mais engajados em suas tarefas, pois eles veem o esforço e a preocupação da empresa em ajudá-los. Consequentemente, isso leva a uma maior taxa de retenção de trabalhadores — que passam a ter mais motivos para continuar na organização.

Melhora do humor

Ninguém merece conviver no ambiente de trabalho com um colega ranzinza e mal-humorado, não é mesmo? Esse colaborador pode criar situações embaraçosas, deixar o ambiente ruim e até contaminar outros trabalhadores da empresa. As consequências podem ser prejudiciais, inclusive, à produtividade.

Pois saiba que a alimentação saudável pode ajudar a amenizar esse aspecto. Uma pessoa que se alimenta de maneira adequada está ingerindo todos os nutrientes que o nosso corpo precisa para trabalhar bem e liberar hormônios que potencializam a calma e felicidade.

Por isso, um colaborador que se alimenta de forma correta no trabalho será mais atento, mais paciente e apresentará menos alterações de humor. Ele se sentirá mais equilibrado, com autoestima mais elevada e poderá aproveitar melhor os momentos de sua vida, inclusive os dentro da empresa.

Aumento da produtividade

É um fato notório que, quando estamos bem alimentados, produzimos mais e melhor. No ambiente laboral não é diferente. Uma alimentação saudável no trabalho propicia ao colaborador maior disposição e motivação para desempenhar seu ofício e traz como resultado o aumento da produtividade da empresa como um todo, potencializando lucros.

Quando se come na hora certa e em quantidades corretas, a sensação de saciedade dura mais tempo e não é causada aquela sonolência decorrente de alimentos muito pesados. Isso facilita a circulação sanguínea do colaborador e promove a melhora no desempenho de toda equipe.

Portanto, o gestor que investe em alimentação saudável no trabalho para seus colaboradores está, verdadeiramente, pensando no bem da sua equipe e no crescimento dos seus lucros, que serão vistos com o aumento da capacidade de produção maximizada dos cooperadores.

Redução de acidentes de trabalho

O consumo inadequado de alimentos e em quantidades maiores do que as necessárias tornam o colaborador mais disperso e lento. Esse fato pode levar à ocorrência de acidentes de trabalho, que resultam em sérios prejuízos aos trabalhadores e empresários.

Evidentemente, cada colaborador necessita de uma certa quantidade de alimentos para desempenhar bem as suas funções. Ela será diferente caso consideremos um trabalhador que opera máquinas pesadas com um que exerce suas funções em frente ao computador.

Mas, com certeza, todos podem se sujeitar a sinistros laborais. E eles podem ser evitados por um gestor que emprega estratégias de uma alimentação saudável no trabalho.

Como manter uma alimentação saudável no trabalho?

Entendidos os benefícios que a alimentação saudável pode trazer ao colaborador e à empresa, vejamos que medidas o gestor pode incentivar que sua equipe de colaboradores pratique para conseguir esses ganhos advindos de uma nutrição adequada.

Tomar um bom café da manhã

O café da manhã é uma das principais refeições do dia. É nela que quebramos o jejum de várias horas de sono, permitindo começar o dia com energia e disposição necessárias para os compromissos rotineiros. Por isso, é fundamental escolher bem os alimentos que serão ingeridos nesse momento.

Esqueça totalmente alimentos ricos em açúcar e gorduras de má qualidade, como:

  • frituras;
  • refrigerantes;
  • embutidos;
  • doce etc.

Dê preferência a alimentos ricos em fibras e outros nutrientes como proteínas, carboidratos complexos e gorduras saudáveis, como:

  • pães integrais;
  • ovos;
  • aveia;
  • frutas;
  • iogurte;
  • queijos magros, dentre outros.

Dessa forma, o trabalhador começará bem o dia com níveis de disposição e concentração nas alturas e realizará todas as suas atividades diárias com melhor desenvoltura.

Levar o almoço de casa

Na rotina empresarial é comum que os colaboradores saiam para almoçar em restaurantes próximos ao trabalho. Nesses locais, eles ingerem graus elevados de calorias e se alimentam desregradamente. Isso leva a uma nutrição inadequada e traz prejuízos ao longo do dia, como sonolência e falta de disposição.

Por isso, visando uma alimentação saudável no trabalho, o gestor pode incentivar o colaborador a levar seu almoço de casa. Assim, o trabalhador pode selecionar melhor os nutrientes que vai ingerir, incluir carnes magras e legumes na refeição e contar com diversos benefícios, como redução da gordura corporal, maior disposição, concentração maior etc.

Como consequência positiva para a empresa, serão verificados os resultados do aumento da produtividade.

Beber muita água

Manter-se hidratado é fundamental para que o corpo funcione de maneira correta. Portanto, incentive os colaboradores a beber muita água durante o dia. É ideal manter uma garrafa de água sobre a mesa para que cada um deles esteja sempre se hidratando e não procrastine idas ao bebedouro ou filtro.

Então, incentive seu time de cooperadores a beber água independentemente de sentirem sede. A desidratação pode causar sensação de cansaço e interferir na produtividade, além de ser uma desencadeadora de doenças e síndromes.

Ter opções de lanches saudáveis para comer entre as refeições

Entre uma refeição e outra, pode bater aquela fome. E é aí que mora o perigo. Visando a uma saciedade rápida, o colaborador pode ingerir alimentos aleatórios e que não sejam saudáveis, como doces, carboidratos simples etc.

Nesses momentos o ideal é sempre contar com alimentos benéficos, que promoverão a saciedade por mais tempo e fornecerão os nutrientes que o corpo necessita. Motive a equipe de trabalhadores a sempre levar opções de lanches saudáveis para serem consumidos entre as refeições, como:

  • frutas;
  • oleaginosas (castanhas, nozes etc);
  • iogurtes naturais, dentre outros.

Assim, a nutrição será completa e se manterá firme durante o dia todo. Serão fornecidos os nutrientes necessários ao corpo e tudo o que o colaborador for fazer durante o dia será realizado com mais concentração e disposição.

Evitar alimentos gordurosos

Para finalizar nossa série de dicas que os gestores podem transmitir aos colaboradores visando a uma alimentação saudável e melhor desempenho no trabalho, trazemos o porquê de evitar o consumo de alimentos gordurosos durante o dia.

Esse tipo de alimento traz prejuízos ao cérebro, na região que promove a sensação de saciedade. A pessoa sente-se sempre com vontade de comer mais. Além disso, é causado o chamado estresse metabólico, quando as células do corpo humano se desorganizam.

Por fim, sabemos que a gordura consumida se depositará nas células adiposas e em alguns órgãos, como fígado e pâncreas. Isso pode gerar doenças gravíssimas e ataques cardíacos. Então, além da falta de concentração e baixa na produtividade, essa alimentação à base de gorduras ruins pode levar o colaborador a problemas sérios de saúde.

Como ofertar isso aos colaboradores?

Com a correria do dia a dia, muitas empresas acreditam que será difícil incorporar a alimentação saudável no trabalho. No entanto, essa tarefa pode ser mais simples do que você imagina, dadas as opções existentes no mercado.

A administração pode oferecer vale-refeição ou alimentação, por exemplo, além de fazer convênios com mercados que vendam produtos saudáveis. Outra opção é incorporar o refeitório à empresa, com o acompanhamento de um nutricionista.

O profissional será responsável por criar cardápios personalizados para que os trabalhadores consigam consumir todos os nutrientes e vitaminas necessários à dieta diária. Além disso, a companhia pode oferecer snacks saudáveis para lanches, deixando-os disponíveis durante o expediente das equipes.

Incorporar a alimentação saudável no trabalho traz uma série de benefícios para a organização, como o crescimento da produtividade dos colaboradores e a maior satisfação deles. A empresa ainda tem a possibilidade de escolher qual o melhor método: cartão alimentação e refeitório próprio são algumas das alternativas.

E então, gostou de nosso artigo e quer saber de que maneira você pode implementar benefícios que favoreçam a alimentação saudável dos seus colaboradores? Então, entre em contato conosco! Teremos prazer em ajudar você nessa tarefa e potencializar seus ganhos.

Comentários