Blog da

Dia do trabalho: 7 campanhas de comunicação interna inspiradoras

Dia do trabalho: 7 campanhas de comunicação interna inspiradoras

Celebrado em 1º de maio, o Dia do Trabalho é historicamente um dos feriados mais importantes no Brasil, marcado por manifestações políticas e grandes eventos promovidos pelas empresas. É uma oportunidade para elas mostrarem que valorizam seus colaboradores e estão juntos com eles em suas vidas.

Sabemos que a equipe de colaboradores de uma empresa faz enorme diferença para sua vantagem competitiva. Por isso é importante mantê-los engajados, informados e comprometidos com os resultados da companhia. O 1º de Maio é uma chance para enfrentar essas questões por meio de práticas de endomarketing, que você vai conhecer melhor mais abaixo.

Neste artigo você vai entender melhor o que é essa data, sua importância, e como ações de comunicação interna podem ajudar a criar um ambiente de trabalho mais motivador.

Como surgiu o Dia do Trabalho

O 1º de Maio foi escolhido como Dia do Trabalho como homenagem à Revolta de Haymarket, ocorrida em Chicago, nos Estados Unidos, em maio de 1886. Começou como um comício pacífico em apoio de uma jornada de oito horas, e em protesto à morte de trabalhadores por policiais no dia anterior. Uma pessoa até hoje desconhecida jogou uma bomba na polícia, que agiu para dispersar a multidão. A explosão e os disparos resultaram na morte de sete policiais e, pelo menos, quatro civis. Dezenas de outras pessoas foram feridas. 

Anos depois, delegados de congressos comunistas, como a Internacional Socialista, propuseram que o 1º de maio se tornasse uma data para pedir legalmente pela jornada de 8 horas, pelas demandas dos trabalhadores, e pela paz universal. A ideia acabou pegando na maioria dos países, inclusive no Brasil. A Igreja Católica fez da data o dia da Festa de São José Operário.

Nos Estados Unidos e no Canadá, porém, o Dia do Trabalho é celebrado em setembro.

O que é endomarketing

Endomarketing é uma das formas mais eficientes de reduzir o turnover, ou seja, a taxa de profissionais que deixam a empresa ao longo de determinado período de tempo. É também uma estratégia para atrair os profissionais mais qualificados e despertar neles a vontade de trabalharem na sua companhia.

As táticas do endomarketing ajudam a criar uma imagem de um bom lugar para trabalhar, o “emprego dos sonhos” para muita gente.

O prefixo “endo” vem do grego e significa “dentro”. Endomarketing, portanto, é voltado para o ambiente interno da empresa, buscando cativar e motivar sua própria equipe em vez de clientes ou do público em geral.

Como fazer endomarketing

Existe um procedimento para realizar campanhas de comunicação interna mais eficientes. Siga com a gente:

Conhecer os colaboradores

É importante entender melhor quem são os profissionais e suas necessidades. É preciso conversar com eles e entender suas principais reclamações. Apenas assim será possível criar atividades que ofereçam resultados reais.

Definir objetivos

Cada campanha de endomarketing deve ser desenvolvida com um objetivo claro em mente. Pode ser:

  • reduzir a taxa de colaboradores que pedem demissão;
  • motivar a equipe para um resultado melhor;
  • tornar a equipe ciente de uma determinada regra ou política;
  • melhorar a comunicação interna entre as equipes.

Planejar a ação

O terceiro passo é estruturar o plano para alcançar o objetivo. Entre as ferramentas possíveis estão:

  • oferecer bônus e prêmios, como viagens de incentivo, comissões, etc.;
  • criar uma campanha de conscientização;
  • implementar um novo canal de comunicação.

Medir os resultados

Por último, defina métricas e confira se elas foram alcançadas. Esses indicadores devem funcionar como um termômetro, que indique o cumprimento de resultados. Entre alguns possíveis, estão:

7 campanhas de comunicação interna inspiradoras

O endomarketing pode ser traduzido em campanhas e estratégias específicas que ajudam os colaboradores a se sentirem parte da equipe. Conheça 7 exemplos.

1. Tornar colaboradores parte da divulgação interna

O Citibank promoveu uma campanha chamada “Sou Mais Citi”. A ideia era criar um espírito de equipe e um orgulho em “vestir a camisa”. Colaboradores foram fotografados com a mão no peito e as imagens rodaram em material publicitário e de divulgação interna. A campanha foi premiada e reproduzida em vários países.

2. Criar uma rede social própria

A rede americana Best Buy cortou pela metade a rotatividade depois de criar uma rede social exclusiva.O canal de comunicação fornece informações institucionais e promove a livre interação entre colaboradores. É uma plataforma para trocar experiências e resolver problemas.

3. Oferecer treinamento aprofundado

A montadora japonesa Toyota é referência em treinamento. Um profissional recém-contratado passa 5 meses em treinamento antes de começar a trabalhar. O longo processo de aprendizado assegura não apenas que ele conheça as ferramentas de que precisa, mas que todo mundo na equipe aprenda a partir de uma mesma cultura. É uma situação semelhante às academias policiais, militares e de diplomatas, nas quais os profissionais partilham de um “espírito de corpo”.

4. Promover programas e competições internos

A integração vai muito além do happy hour. Especialmente em uma data como o Dia do Trabalho, a empresa pode promover jogos e gamificação. A rede Wise Up realiza uma competição na qual o objetivo é captar mais alunos. A gincana, portanto, pode estar atrelada diretamente a um objetivo real da empresa.

5. Oferecer benefícios

Alguns benefícios trabalhistas são garantidos por lei; outros são bastante comuns, como seguro de vida e plano de saúde. Um pacote maior e mais variado de benefícios pode ser a chave para atrair profissionais melhores. O exemplo mais famoso é do Google, que em seus escritórios oferece atividades esportivas, área de lanches, academia de ginástica e muito mais.

6. Valorizar as conquistas dos colaboradores

Costuma-se dizer que a empresa oferece dois salários: o salário-holerite e salário-satisfação. Muitas empresas esquecem do segundo. 

A Fiat é um dos destaques positivos nessa área. Seus colaboradores são os primeiros a fazer o test drive dos novos veículos, por exemplo. A empresa também patrocina eventos para a família dos colaboradores, como festa de debutante e colônias de férias. Pensando nisso, você pode fazer do 1º de Maio da sua empresa um grande evento para a família, com shows, distribuição de prêmios e oferta de serviços, que é o que muitas companhias já fazem.

7. Definir e divulgar um plano de carreira claro

O incentivo para ficar na empresa precisa ir além de receber o salário do próximo mês. Definir e divulgar um plano de carreira é fundamental para que os melhores profissionais não larguem a companhia na primeira oportunidade.

A Portobello criou o Programa de Desenvolvimento e Crescimento, que divulga o plano de carreira e as etapas de desenvolvimento profissional. Ela usou histórias em quadrinhos cujos personagens interagem com versões caricaturais dos líderes da empresa. Pode parecer engraçado, mas a campanha aumentou a produtividade em 31%.

O Dia do Trabalho é uma data importante para seus colaboradores e suas famílias. É uma oportunidade imperdível para fazê-los se sentirem valorizados na empresa, o que é fundamental para atrair e manter os melhores profissionais.

Gostou deste texto? Então siga a gente no FacebookTwitterInstagram LinkedIn. Não dá trabalho nenhum!

Comentários