Blog da

7 boas práticas de RH que beneficiam a vida pessoal dos colaboradores

Investir em qualidade de vida no trabalho é um importante método que pode ser utilizado pelos gestores de recursos humanos, com o intuito de manter uma equipe mais engajada e feliz. E é pensando nessas questões que muitas empresas têm adotado boas práticas de RH para incrementar a gestão de seus colaboradores.

As novas posturas de gerenciamento de talentos no mercado de trabalho vêm sendo aplicadas com o intuito de trazer melhorias em aspectos importantes como produtividade e bem-estar das equipes. Com um time mais engajado, por exemplo, é possível melhorar o desempenho individual e coletivo dentro do dia a dia de uma empresa.

Sabendo o quão trabalhoso é realizar um processo seletivo e treinamento de um novo membro, hoje encontramos muitas empresas buscando inovar em soluções para diminuir a rotatividade em suas equipes. Uma das mais comuns é implantar melhorias que interfiram positivamente na vida pessoal de seus colaboradores.

Programas de auxílio academia ou educacional, investimentos em saúde e planos específicos da área, treinamentos, recompensas, atividades para descontração e até flexibilização da jornada de trabalho são artifícios que podem auxiliar a sua empresa a criar um clima mais amigável e acolhedor para seus subordinados.

Neste artigo, separamos 7 dicas para você colocar em prática e criar benefícios para a vida dos seus colaboradores!

1. Ofereça treinamento e capacitação

Mais do que colaboradores treinados para desempenhar determinadas funções, uma equipe realmente capacitada significa ter um time apto a resolver as mais diferentes situações do cotidiano da sua empresa, como uma situação de crise com um cliente ou o gerenciamento de uma nova conta.

Portanto, é fundamental que você ou seu departamento de recursos humanos crie encontros, palestras e workshops para levar informação e conhecimento para sua equipe. É possível ainda, dependendo do porte da empresa, criar parcerias com universidades, escolas de idiomas e outras instituições de ensino.

Lembre-se sempre de manter seu time atualizado com as novas tendências do segmento de atuação da sua empresa. Essa reciclagem de conhecimento fará com que eles se sintam mais ativos e motivados para enfrentar desafios.

Essa é ainda uma forma bastante eficaz de fazer com que seu time vista a camisa da sua empresa e tenha a consciência de que ela se preocupa com questões como o crescimento, desenvolvimento pessoal e plano de carreira.

2. Invista na saúde de sua equipe

Ter uma equipe médica de plantão para emergências ou disponibilizar aos seus colaboradores um plano de saúde e/ou odontológico: essas são soluções muito eficientes para quem deseja oferecer benfeitorias que impactam diretamente na vida pessoal de sua equipe.

O acesso aos benefícios ligados à saúde é um fator determinante na hora dos contratados escolherem uma empresa para trabalhar, mesmo diante de salários inferiores.

Com os altos custos ligados à área médica no país, dispor de benefícios como um seguro de saúde para colaboradores, por vezes estendidos até suas famílias, pode ser um importante artifício para maior satisfação da sua equipe. Essa prática pode também auxiliar na retenção de talentos da sua empresa.

Outro exemplo comum é o da ginástica laboral. Ela pode trazer melhorias para a equipe durante o horário de trabalho. Além disso, esse tipo de exercício ajuda a reduzir danos que interferem na vida pessoal de seus colaboradores, como é o caso dos problemas posturais, de tendinite ou estresse.

Prezar pelo bem-estar e pela saúde de seus colaboradores e familiares trará impactos positivos em seu dia a dia, seja no ambiente profissional ou em momentos fora do trabalho. Em consequência dessas ações, você terá uma equipe mais motivada e com uma melhor performance.

3. Ofereça premiações com foco em lazer

Manter um time de colaboradores sempre motivado não é uma tarefa simples para o setor de RH das empresas. Por isso, incentivos como o das bonificações é uma forma bastante usada e muito eficiente quando o assunto é criar estímulos para impulsionar os resultados da sua equipe.

Para aqueles que se destacaram na execução de uma tarefa ou aqueles que obtiveram um resultado excepcional, que tal oferecer premiações com foco no lazer? Essa pode ser uma boa estratégia para criar incentivos e manter seu time motivado. Desde viagens, vale presentes, tíquetes para o cinema ou um jantar em um restaurante bacana.

Caso sua empresa tenha um orçamento limitado, é possível oferecer folgas como premiação. Permitir que seu colaborador tenha mais tempo livre para curtir a família, aproveitado algumas horas de lazer, pode ser tão eficaz quanto presenteá-lo.

Quando o assunto é conceder esse formato de benefício, usar a criatividade e sair do óbvio é muito importante. Conhecer as particularidades e o perfil do colaborador contemplado também é fundamental nesse processo. Isso demonstra que sua empresa se preocupa e respeita a individualidade de cada membro da equipe.

4. Inclua modelos de gestão mais participativos

Permitir que seu time proponha melhorias ou novas soluções, criar uma comissão ou nomear um porta-voz encarregado de transmitir sugestões, reclamações e o feedback da equipe são algumas alternativas para formatar um modelo de gestão mais inclusivo em sua empresa.

Um formato de gerenciamento mais horizontal possibilita que a empresa visualize falhas em sua operação a partir de uma ótica diferente. Em alguns casos, inclusive, é possível que os gestores sequer tenham conhecimento de determinados problemas que interferem na produtividade de suas equipes, por exemplo.

Portanto, crie espaços de diálogos mais abertos dentro de sua empresa, tenha encontros periódicos permitindo que seu time exponha seu ponto de vista e, acima de tudo, mantenha sua mente aberta para ouvir eventuais reclamações e possíveis elogios à empresa.

5. Crie momentos de descanso e descontração

Ainda é comum encontrarmos modelos empresariais que acreditam que um bom rendimento se conquista com horas ininterruptas de trabalho. O que poucos sabem é que essa carga excessiva pode diminuir a produtividade de sua equipe, além de aumentar o estresse e a insatisfação.

Portanto, permita que sua equipe tenha pausas ao longo do dia, promovendo momentos de descontração, como um café da tarde coletivo ou uma dinâmica em grupo. Além de promover uma quebra no ritmo intenso de trabalho, situações como essas permitem um maior entrosamento das equipes.

Você pode ainda criar espaços voltados para descanso e relaxamento, usando sofás e poltronas mais confortáveis. Esses pontos podem servir também como um apoio de trabalho para momentos em que seu colaborador busca mais concentração.

6. Flexibilize a jornada de trabalho

A maioria esmagadora das empresas ainda mantém uma carga horária padrão de trabalho. No entanto, repensar a jornada de trabalho pode ser o benefício perfeito para manter sua equipe satisfeita sem comprometer seu rendimento.

Nem todos os setores de uma empresa necessitam que seus colaboradores trabalhem no período das 9h às 18h. Pensando nisso, você pode criar escalas de trabalho flexíveis que fujam do horário comercial convencional. É uma mudança simples, mas com grande impacto na satisfação da sua equipe.

Você pode ainda diminuir a escala de trabalho da sua empresa. Essa prática já é uma realidade em muitos empreendimentos que costumam ter um horário de trabalho diferenciado em um ou mais dias da semana.

Adotar um esquema de home-office também é uma alternativa para flexibilizar a jornada de trabalho da sua equipe. Você pode escolher um dia (todas as sextas-feiras, por exemplo) e permitir que seus colaboradores escolham entre trabalhar presencialmente na empresa ou de casa.

Embora pareça algo ousado, esse tipo de ação demonstra uma forte relação de confiança da empresa com a sua equipe e, consequentemente, os reflexos na produtividade tendem a ser bastante positivos.

7. Diminua o ritmo de trabalho

Ainda que pareça uma loucura, desacelerando o ritmo de trabalho em sua empresa, você permite que sua equipe desempenhe funções com mais qualidade. Ao evitar que seu colaborador desempenhe várias atividades simultâneas, você priorizará a excelência de resultados em seu negócio.

Essa é uma ótima prática para potencializar aspectos como o foco e a concentração durante o trabalho, além de diminuir estresse, ansiedade e insatisfação. Uma das principais consequências disso é a possibilidade de que sua equipe não leve esses aspectos negativos para a vida pessoal.

Existem diversos softwares que auxiliam gestores de RH na hora de designar e monitorar a execução de tarefas. Com a ajuda desses recursos, será ainda mais fácil gerenciar as atividades de uma equipe, entendendo quais projetos demandam mais tempo e esforço ou quais membros são mais habilidosos para determinadas funções.

Mais do que apenas oferecer benefícios, é necessário que os gestores de RH pensem em como a inserção desses artifícios pode impactar o cotidiano de seus colaboradores. E isso deve acontecer dentro e fora da empresa, pois um bom convívio no ambiente profissional afetará positivamente a vida pessoal de sua equipe e vice-versa.

Avalie junto à equipe de recursos humanos quais os pontos fracos que diminuem a produtividade da sua empresa e em seguida analise quais as medidas aplicáveis ao modelo de negócio. Nesse processo, será possível compreender que nem todos os benefícios são viáveis ou surtiram o efeito esperado.

Implantar boas práticas de RH é um grande passo para melhorar o rendimento e aumentar a satisfação dos seus colaboradores. Após entender a importância da gestão de pessoas, sua empresa estará preparada para lucrar ainda mais!

E você, gostou das nossas dicas? Acompanhe nosso artigo sobre a hora certa de treinar sua equipe e saiba mais sobre gestão de talentos!

Comentários