Blog da

Vale-alimentação: tudo que você precisa saber sobre

Benefícios como o vale-alimentação tem papel fundamental na boa relação entre empresa e colaborador, trazendo vantagens para ambas as partes. Mas antes de implementar esse benefício na sua empresa, é preciso tomar alguns cuidados e ficar atento aos detalhes legais para fazer tudo corretamente.

Sua empresa planeja oferecer o cartão de alimentação para os seus colaboradores? Veja agora tudo que você precisa saber sobre o vale-alimentação e tire as suas dúvidas!

Vantagens do vale-alimentação para a sua empresa

Optar pelo vale-alimentação traz várias vantagens práticas para a sua empresa. Tais benefícios podem ser observados rapidamente logo após sua adoção:

Motivação dos funcionários

Os colaboradores que têm acesso ao cartão de vale-alimentação possuem mais liberdade para escolher onde fazer suas compras e adquirirem os produtos da sua preferência – o que é visto como um benefício muito maior do que a cesta básica, por exemplo. Hoje já existem diversos estabelecimentos que aceitam o cartão de alimentação, permitindo que o usuário tenha uma variedade de opções.

O vale-alimentação também ajuda a regular o pagamento desse benefício, transmitindo maior segurança e reduzindo o turnover da sua equipe. Manter a motivação dos funcionários fica muito mais fácil com o suporte do cartão de alimentação, que é um dos mais valorizados pelos trabalhadores.

Redução de custos

O uso do vale-alimentação isenta a empresa do pagamento de encargos sociais, como INSS e FGTS sobre o valor pago. A adoção do benefício também proporciona abatimento na ordem de 4% no IRPJ a ser pago, além de evitar custos com a compra, o transporte, a distribuição e o armazenamento de cestas básicas.

Menos burocracia

Sistemas de vale-alimentação simplificam o processo de adesão e de pagamento por parte da empresa, o que também facilita a utilização do benefício por parte do empregado. Além de fornecerem ferramentas de gestão e acompanhamento dos cartões de benefícios, os sistemas ainda agilizam o planejamento financeiro da empresa por viabilizar a previsão de gastos a longo prazo!

Vale-alimentação e legislação

A empresa não é obrigada por lei a pagar o vale-alimentação aos seus funcionários – ao contrário do que acontece, por exemplo, com o vale-transporte. Entretanto, o artigo 458 da Consolidação das Leis do Trabalho diz que os valores pagos para a alimentação do colaborador são consideradas como parte do salário. Acordos individuais ou coletivos com empresas podem garantir o benefício do vale-alimentação em alguns casos, mas na CLT essa obrigação não existe.

No entanto, se você quer mostrar aos seus funcionários a importância deles para a sua empresa, mas não possui os recursos para oferecer um aumento de salário, o vale-alimentação pode ser uma opção vantajosa para promover a satisfação e a qualidade de vida da sua equipe.

Como implementar o vale-alimentação na empresa

Adotar o vale-alimentação é bem simples e depende apenas de alguma negociação sobre os valores e termos dos benefícios em cada caso. A gestora dos cartões oferece todo o suporte para a transição dos cartões de alimentação para os funcionários, aliviando a empresa da carga burocrática relacionada a esse benefício.

Restou alguma dúvida sobre a adoção do vale-alimentação pela sua empresa? Aproveite para deixar sua pergunta nos comentários! Continue ligado no blog conferir mais dicas sobre o gerenciamento de empresas. Até a próxima!